Exames e Orientações

Faça sua busca navegando nas iniciais abaixo, depois clique no exame desejado para mais informações:

A
B
C
D
E
F
G
H
I
J
K
L
M
N
O
P
Q
R
S
T
U
V
W
X
Y
Z
1
2
3
4
5
6
7
8
9

>> AMILASE PANCREÁTICA

Código: AMILP

Material: soro

Sinônimo:

Volume: 1.0 mL

Metodo: Cinético colorimétrico

Volume Lab.: 1.0 mL

Rotina: Diária

Resultado: 15 dias

Temperatura: Sob refrigeração

Coleta: Jejum não obrigatório. Soro

Código SUS: 202010180

Código CBHPM: 4.03.01.28-1

Interpretação: Uso: diagnóstico de pancreatites. Valores aumentados: pancreatites agudas (início 3-6 horas, pico 20-30 horas, duração 48-96 horas), obstrução pancreática, trauma pancreático, câncer pancreático, obstrução biliar, infarto do miocárdio, perfuração intestinal, peritonite, gravidez ectópica, cetoacidose diabética, alguns tumores pulmonares ou ovarianos, queimaduras, insuficiência renal (por falha no clearence). Valores diminuídos: pancreatite crônica, cirrose, câncer pancreático em estágio avançado, cirrose e toxemia da gravidez. Valores normais: parotidites, embora a amilase total esteja elevada. Interferentes: ácido aminosalicílico +, asparaginase +, azatioprina +, colinérgicos +, opiáceos +, corticosteróides +, furosemida +, contraceptivos orais +, rifampicina +, tiazídicos +, álcool +, recentes cirurgias próximas ao pâncreas +, úlcera perfurada +, macroamilasemia +, barbituratos -, arsênico -.

Referência: 8,0 a 53,0 U/L

A Empresa

Em 1º de agosto de 1971, o Laboratório União iniciava suas atividades em análises clínicas em Pelotas, pelos sócios fundadores, Dr. José Wellington Martins Motta e Dr. Dacy Vareira, ambos professores universitários.

Notícias

11/08/2016 - VITAMINNA D E DIABETES MELLITUS

11/08/2016 - Estudos comprovam o efeito anti-inflamatório da prática de exercícios físicos

Newsletter

Cadastre-se para receber as novidades do Laboratório diretamente em seu e-mail.

Endereço

Praça Piratinino de Almeida, 20
(Praça Santa Casa c/ Neto) - Pelotas | RS

Telefones

(53) 3225-1201 | (53) 3303-4470